Estrada para Guaraqueçaba vai ser asfaltada

A melhor solução técnica e ambiental para pavimentar a PR-405, estrada que liga Guaraqueçaba a Antonina, será avaliada por um estudo contratado pelo governo do Paraná. A assinatura da ordem de serviço (autorização para o começo do trabalho) aconteceu na tarde desta segunda-feira (26), no Palácio Iguaçu, em meio ao anúncio de um pacote de projetos de obras públicas.
Atualmente, para percorrer os 100 quilômetros de estrada de chão – esburacada e sinuosa – leva-se quase três horas de carro. O trajeto é tão ruim que muitos moradores de Guaraqueçaba acabam preferindo ir “pelo mar”: vão de barco até Paranaguá ou Pontal do Sul. Para quem precisa de acesso à saúde, principalmente em casos de emergência, a situação leva a risco de morte.
Guaraqueçaba guarda boa parte da riqueza natural do Paraná, com um dos trechos mais conservados de Mata Atlântica. Por causa das particularidades ambientais, o projeto precisa ser especial. Ao custo de R$ 1,5 milhão, o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTA) deve indicar, entre outros aspectos, qual o modelo ideal para a pavimentação e quais devem ser as estratégias para promover o desenvolvimento sem incentivar a exploração descontrolada dos recursos e as ocupações irregulares.
Guaraqueçaba é uma das duas cidades do Paraná que ainda não têm acesso pavimentado. Doutor Ulisses é o outro município sem essa estrutura, mas no pacote de obras anunciado pelo governo estadual nesta segunda-feira foi incluída a possibilidade de realização do projeto para a execução da rodovia. Coronel Domingos Soares e Mato Rico também não tinha ligação rodoviária, mas as pavimentações estão sendo realizadas.
Fonte: Tribuna PR