VT.png

Homem morre de ataque cardíaco após receber a vacina contra Covid-19

A vacinação em massa da população israelense começou no dia 20 de dezembro
Foto: Foto: Reprodução/Internet
A vacinação em massa da população israelense começou no dia 20 de dezembro

O governo do país informou que a vítima tinha doenças pré-existentes e já havia sofrido ataques cardíacos no passado. 

"Um homem de 75 anos, sofrendo doenças cardíacas e câncer, que já teve diversos ataques cardíacos anteriormente, foi vacinado contra Covid-19 nesta manhã (28) e morreu em casa pouco depois", comunicou o Ministério da Saúde.

A família do homem também pediu para não associar sua morte à vacina, informou a mídia hebraica. Mesmo assim, o diretor-geral do Ministério da Saúde, Chezy Levy, abriu uma investigação sobre o incidente.

Nenhum problema importante de segurança foi descoberto nos testes da vacina e apenas efeitos colaterais comuns como febre, fadiga e dor no local da injeção, foram encontrados.

Os primeiros carregamentos da vacina da Pfizer/BioNTech chegaram a Israel na semana passada e a vacinação teve início no dia 20 de dezembro. No total, o governo israelense assinou um acordo de compra de oito milhões de doses do imunizante. 

Há também uma vacina sendo desenvolvida pelo próprio país, que concluiu a primeira fase de testes clínicos no dia 14 de dezembro.